quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Corrupta tucana mobiliza nas redes sociais ato “contra corrupção”

Aque ponto chegamos. Um policial federal que foi expulso da PF por corrupção voltou ao cargo e caiu nas graças de um delegado tucano a ponto de ser ele quem conduz os presos da Operação Lava Jato às celas. Aécio Neves, José Agripino, Ronaldo Caiado, cada um mais bichado que o outro em processos de corrupção, são os ícones desta luta “contra a corrupção”. Sem falar no desacunhado Cunha. A Globo que sonegou 615 milhões de dólares em impostos bate todo dia em Dilma, por ela não ter dinheiro para a saúde, educação, etc.. E o que é mais cínico, agita “contra a corrupção”, como se uma sonegação equivalente a vinte e tantos mensalões não fosse corrupção. Ronaldão Cavalão, como bem chamava Canindé Queiroz, apoiou Aécio e falou “bonito” no “combate à corrupção” até prenderem todos os seus amigos, sócios e cúmplices na roubalheira da Fifa, da qual ele é um dos maiores suspeitos de ser beneficiário. Agora surge mais uma bandida mobilizando os abestados “contra a corrupção”. Fernanda, filha de Paulo Celso Mano Moreira da Silva, ex-diretor do Metrô de São Paulo, acusado de improbidade administrativa pelo Ministério Público do Estado por suspeita de corrupção com a Alstom. A bondosa menina é uma das grandes agitadoras na mobilização para o ato do dia 16. Em 1997, Moreira da Silva abriu uma conta no País e acrescentou duas filhas como beneficiárias da dita conta: Fernanda Mano de Almeida, 41 anos, a dita cuja e Mariana Mano Moreira da Silva, 38 anos. No período em que o Swissleaks foi investigado, ele apresentou um saldo de US$ 3,032 milhões. E ela não se escandalizou nem um pouquinho com a montanha de Dinho, fruto de roubo que lhe chegou à conta. Fernanda é a agitadora das redes sociais, militante tucana. Em fevereiro do ano passado, postou uma imagem em seu perfil no qual aparece a seguinte inscrição: “Campanha contra a corrupção no Brasil – Eu tenho vergonha dos políticos brasileiros”. Ela também compartilhou imagens de apoio à candidatura de Aécio Neves à Presidência. Tuto buona gente!

Mostrando força
Depois do abraço ao Instituto Lula, os movimentos populares mostraram força na Marcha das Margaridas. Um mundo de mulheres ocupou Brasília, não para bater panelas nem para pedir o impeachment, mas para pedir mais direitos para as mulheres e agilidade na reforma agrária. Nada de pauta conservadora. As mulheres deram um recado de um Brasil que anda caladão, mas não aceita retrocessos. 

Imbecilizado
Completamente imbecilizado o blogueiro abestado da Veja Reinaldo Azevedo, aquele a quem o teólogo Leonardo Boff chamou de “Rola-Bosta”, disse que o petista que sair de casa no dia 16, estará procurando confusão. Em outras palavras ele decretou “estado de sítio” para os petistas, como se não fosse bastante democrático respeitar os espaços onde os protestos estão acontecendo.

Gorando
Parece que a candidatura de Datena a prefeito da capital paulista já está gorando. Bastou Maluf ironizar o “espírito público” do moço que iria trocar um salário de 500 mil por um de vinte mil... Além de deixar de ser estilingue para se tornar vidraça. Falar é fácil...