quarta-feira, 11 de março de 2015

O Brasil que produz: Nordeste supera Sudeste na produção de grãos

Fernando Brito escreveu um excelente artigo sobre a previsão de safra que foi divulgada pelo IBGE. O Nordeste supera o Sudeste na produção de grãos. Brito pergunta: Mas não eram uns indolentes? Seria bom ver as caras dos que, como o estúpido Diogo Mainardi e uma reca de sudestinos tão pernósticos e preconceituosos quanto ignorantes que disseram ser o Nordeste uma região que depende exclusivamente do Bolsa-Família. Vejamos: Na previsão de safra anunciada ontem pelo IBGE, pela primeira vez na história, o Nordeste brasileiro vai ficar à frente da região Sudeste na produção de grãos. A Bahia, que tem na região Oeste (vizinha ao Piauí e ao Maranhão, onde também há forte cultivo) e na cidade de Barreiras a sua “capital da Soja” deixa para trás o Estado de São Paulo. A seca influiu? Sim, mas também influi, e todo ano, nas lavouras nordestinas. Mas o que houve mesmo foi um crescimento sensacional da produção nordestina. Comparando à safra passada, enquanto o IBGE registrava aumento  de 0,4% na região Norte, de 5,1% na região Sudeste e de 7,0% na região Sul, no Nordeste este crescimento alcançou  20,4% ! Foram 18,9 milhões de toneladas, contra 7,3 milhões de toneladas na safra 2001/2002, um crescimento muito maior que a média nacional, na qual já foi imenso, com a dobra da safra. “O Nordeste tem aquela visão otimista, ele não sabe ainda se vai colher, mas ele está plantando”, diz o gerente da Coordenação de Agropecuária do IBGE, Mauro Andreazzi, à Agência Estado. E é só o início, porque com programas de irrigação, isso pode ser muito maior. Para os que chamam os nordestinos de indolentes, atrasados, “bovinos” está aí uma boa razão para ruminarem as besteiras que dizem.

Bonzinho pra tucano
O site de Luis Nassif,  garante que o Procurador Geral da República, Rodrigo Janot ficou de entregar a lista dos políticos ao STF (Supremo Tribunal Federal) às 8 da manhã de quinta-feira. A lista só chegou no final da noite, entregue por um subprocurador. O Mi-nistro Teori Zavascki tinha certeza que, dentre os nomes, estava o do senador Aécio Neves. Espantou-se quando constatou que ficara de fora. A rádio corredor do STF sustenta que a decisão de deixar Aécio de fora foi tomada na noite anterior.

Bonzinho pra tucano II
Teori deixou escapar uma opinião: “Não sei se era para Aécio estar ou não na lista. Mas entrou na lista gente com muito menos coisa que ele”. Na nota oficial, Teori explicou que não caberia ao STF definir quem poderia ou não ser indiciado – esse papel é do PGR – mas apenas analisar os procedimentos.

Todos nas ruas no dia 13
24 capitais já confirmaram o horário e o local onde realizarão o ato do dia 13 de Março, Dia Nacional de Luta em Defesa dos Direitos da Classe Trabalhadora, da Petrobras, da Demo-cracia e Reforma Política, Contra o Retrocesso.  Como deixa muito claro o manifesto assinado por representantes dos movimentos sindical e social, o ato de sexta-feira é em defesa dos trabalhadores e das trabalhadoras, em defesa da sociedade brasileira. O presidente da CUT, Vagner Freitas, acrescenta que “não é um ato nem pró nem contra o governo”. Segundo ele, fazer manifestações para conquistar ou manter direitos, por mais e me-lhores empregos, por aumentos reais de salários, por saúde e educação de qualidade  é uma tradição da CUT e de todo movimento sindical brasileiro. “Foi assim que conquistamos a política de valorização do salário mínimo, a redemo-cratização do Brasil, apo-sentadoria para trabalhadores/as rurais, valorização da agricultura familiar e tantos outros benefícios para a classe trabalhadora”, pontua Vagner.