segunda-feira, 11 de maio de 2015

Instituições se encontram na Serra do Mel para debater revitalização da Cajucultura

Amanhã, 13 de maio, dia da emancipação do município de Serra do Mel, haverá uma grande reunião sobre o plano de recuperação dos cajueirais da Serra do Mel. A reunião acontecerá das 9h às 13h, na sede da Coopercaju, e tem como objetivo debater a melhor forma de se preparar para iniciar a revitalização da cajucultura da Serra do Mel que nos últimos três anos de secas, perdeu em torno de um milhão de cajueiros e tem os outros dois milhões restantes bastante debilitados. Admitindo que 2016 possa ser um ano chuvoso, é preciso ter clareza agora para vencer a difícil burocracia estatal para que todas essas instituições possam compartilhar um plano de ações com responsabilidades bem delineadas para que se chegue a janeiro de 2016 com tudo pronto para entrar em campo. Antes, porém é preciso combater pragas e doenças que têm ajudado a seca a dizimar os cajueiros. A principal delas é a mosca-branca, que ataca com mais violência quando falta inverno. 9h30 às 9h50: Apresentação de vídeo sobre Serra do Mel, pela Favimel, 9h50 às 10h - 10 minutos: Composição da mesa técnica; 10h20 às 10h40: Apresentação das recomendações técnicas para recuperação dos pomares, diretor técnico da Emparn; 10h às 10h20: Apresentação da proposta do Plano de Recuperação da Cajucultura, pelo diretor geral da Emater; 10h40 às 11h: Apresentação da proposta do RN - Sustentável para a cadeia produtiva do caju - gerente da UES-Sape; 11h às 11h20: Apresentação da proposta do Sebrae para a cadeia produtiva do caju, pelo gerente do Sebrae-RN; 11h30 às 12h30, durante 60 minutos: Debate e encaminhamentos em plenária; 12h30 às 13h: Socialização da agenda de compromisso; 13h: Encerramento com almoço oferecido pela Sape/Emater.

Hapvida cresce
No primeiro trimestre de 2015, o Hapvida cresceu 21,11%, em relação ao mesmo período de 2014 em Mossoró, no varejo. O percentual está acima do alcançado pela operadora em todas as praças de atuação: 16,05%. O desempenho em Mossoró é o terceiro melhor de todo o sistema Hapvida Saúde, ficando atrás apenas de Pernambuco (88,78%) e Salvador (23,27%). A tendência para o Hapvida é de alta, pois só em março deste ano, o crescimento em todas as praças foi de 20%.

PMDB
Fala-se que a deputada Sandra Rosado pode voltar a dirigir o PMDB de Mossoró. Para mim, nenhuma novidade. Quem veio da terra, ao pó voltará. Além do mais, é uma forma de a ex-deputada voltar à base do Governo Federal, com especialidade agora pelo fato de Henrique Eduardo ser ministro do governo Dilma.

Petrobrás
A estatal do petróleo com os cofres sangrados por todos os lados resolveu o óbvio depois de oficializar o prejuízo na corrupção no seu balanço anual. Agora é acionar na Justiça empreiteiras e ex-executivos indiciados como corruptos e corruptores. Com base, pedirá aos bancos o seu dinheirão de volta. O advogado Diógenes da Cunha já tinha me falado desta possibilidade desde quando estourou o escândalo. É o óbvio ululante. Se o dinheiro é da Petrobras, sabe-se que ele foi roubado e sabe-se quem roubou e que os depósitos se encontram em nome dos larápios, agora é pedir o dinheiro de volta e deixar quem for deveras culpado vendo o sol quadrado.

FotoLegenda
César Oliveira, presidente da Emater, se fará presente a Serra do Mel nesta quinta-feira no grande encontro sobre a revitalização da cajucultura naquele município. Várias outras autoridades marcarão presença também, conforme pode se constatar no artigo de abertura desta coluna.