quinta-feira, 23 de abril de 2015

Fátima Bezerra e Rafael Motta: dobradinha potiguar na Frente Parlamentar do Livro

Asenadora Fátima Bezerra, vice-presidente da Comissão de Educação e Cultura do Senado, está liderando o movimento que criou ontem a Frente Parlamentar Mista em Defesa do Livro, da Leitura e da Biblioteca. Ela lidera no Senado e na Câmara, é o deputado. O deputado federal Rafael Motta (PROS) foi indicado nesta quarta-feira (23) para ser o vice. A Frente, que é composta por deputados federais e senadores, é presidida pela senadora Fátima Bezerra (PT), e foi lançada oficialmente na manhã de ontem, na Câmara dos Deputados. Rafael Motta e Fátima Bezerra vão comandar os trabalhos da Frente e colocam em destaque no Congresso Nacional a atuação da bancada potiguar em prol da educação do Brasil. “A educação é uma das principais bandeiras do nosso mandato. Já sou relator do projeto que cria o Fundo Nacional Pró-Leitura, e agora como vice-presidente da Frente, a nossa missão é implantar mais políticas públicas de incentivo à leitura, pois os índices revelam que a prática da leitura entre os brasileiros ainda é considerada muita baixa. O nosso objetivo é mudar essa realidade”, afirmou o deputado. A senadora Fátima Bezerra garantiu que a finalidade dos parlamentares é trabalhar para a aprovação de  políticas públicas que garantam à população o acesso aos livros e a bibliotecas, o que possibilitará tornar o Brasil um país de leitores. Entre as prioridades da Frente, que teve a adesão de mais de 200 parlamentares, estão acompanhar a política governamental, os projetos e programas direcionados à preservação, promoção e incentivo da produção literária, de natureza material e imaterial;  promover e fomentar mecanismos de incentivo à prática da leitura; discutir o papel estratégico da biblioteca no acesso à leitura e no processo de desenvolvimento do cidadão; e defender a aprovação de medidas legislativas de interesse das populações, direta ou indiretamente ligadas à área de leitura e à produção de obras literárias.

FotoLegenda
Durante a solenidade de lançamento da Bancada Mista do Livro, da lei-tura e da Biblioteca, no anexo IV da Câmara Federal, este colunista recitou o poema “Bancada Mista do Livro, Leitura e Biblioteca”, que fizemos a pedido da senadora Fátima Bezerra. Na foto, momento em que o deputado potiguar Rafael Mota discursava. Na mesa, entre outras autoridades representativas da Cadeia Produtiva do Livro e da Leitura, a editora Lucinda Marques, presidente da Câmara Cearense do Livro e diretora da Editora IMEPH, que realiza em Mossoró, em parceria com a Secretaria Municipal de educação, o “Projeto Nas Ondas da Leitura”. Eis o poema:

I
O Congresso Nacional,
Em Defesa da cultura
Está lançando a BANCADA
DO LIVRO E LITERATURA,
BIBLIOTECA e também
Dos programas que contém
O INCENTIVO À LEITURA.

II
Pois já são mais de duzentos
Deputados, senadores,
Lutando com foco e garra
De grandes legisladores
Pra fazer com que o Brasil,
Gigante, bom, varonil,
Seja UM PAÍS DE LEITORES.

III
Apesar de toda a crise
O Brasil está crescendo.
Tem gente sendo incluída,
Os direitos exercendo,
Mas pra nação ser feliz
Precisa encher o País
De muito mais gente lendo.

IV
Esta BANCADA DO LIVRO
É importante por que
Não é de um só segmento,
À nação toda ela vê.
E nasce determinada
A virar a página borrada
De um Brasil que não lê.

V
Esta bancada que nasce
Tem uma missão bonita:
Tornar acessível a todos
A nossa cultura escrita,
Botar a nação pra ler
Que essa é a forma de ter
Nossa história reescrita.

VI
Ela vai acompanhar
A política e a ação
Do governo como um todo:
Cultura e Educação
Pra ver cada ministério
De modo concreto e sério
Fazendo a própria lição.

VII
A luta é pra criar leis,
Rubricas, verbas, postura
Que permitam à União,
Ao Estado, à Prefeitura,
Além da biblioteca,
O despertar, o “Eureka”
De um PROGRAMA DE LEITURA.

VIII
INCENTIVO À BIBLIOTECA
Implantada em toda área
No município, na escola,
Na sala comunitária,
Praça, fábrica e construção,
Terreiro, aldeia e prisão,
Metrô e rodoviária.

IX
A Frente tem a missão
De construir com afã
Uma PÁTRIA DE LEITORES
Que componha, no amanhã,
Pela força da cultura,
Da escrita e da leitura,
Uma PÁTRIA CIDADÃ.

X
Além das bibliotecas
Municipais e escolares
A Frente quer que as crianças
Dos mais distantes lugares
Tenham KITS DE LEITURA
Fazendo a semeadura
De BIBLIOTECAS NOS LARES

XI
Pois se “UMA CASA SEM LIVROS
É COMO UM CORPO SEM ALMA”,
A santa luz do saber
Tem que incorporar, com calma,
Numa política sabida
Nas casas, soprando vida,
Luz, saber, espírito e palma!

XII
Por isto a FRENTE DO LIVRO
Quer que o Brasil enfrente
E vença todo obstáculo
Que de maneira frequente
Impede o nosso País
De ser culto e ser feliz
Mais rico e ir mais PRA FRENTE.

XIII
A FRENTE PARLAMENTAR
Tem a missão bela e pura
De apoiar toda a CADEIA
DO LIVRO E LITERATURA,
Do escrever, do ilustrar,
Do editar e do surfar
Sobre as ondas da leitura!


XIV
Esta frente vai lutar
Ano, mês, semana e dia
Para que a BIBLIOTECA,
O livro e a livraria,
De maneira cristalina
Sejam máquinas da oficina
De forjar cidadania.

XV
Vai trabalhar no Congresso
Numa luta colossal,
Por projetos e emendas
Em âmbito nacional
Garantindo resultados
Pra livros e equiparados,
Seja físico ou digital

XVI
Ministério da Cultura,
Parceiro privilegiado
E o da Educação
Com os outros, articulado...
Na Câmara, STÉDILE lutando
E FÁTIMA BEZERRA puxando
Este cordão no Senado!!!